Coronavirus – Um ente universal – Transita livremente pela esquerda e direita, passeia pelo centro e se tiver gente que ainda não decidiu para onde vai ele também pega. Nada mais democrático.

Nesses dias conturbados de coronavirus se espalhando pelo mundo, já uma pandemia admitida pela OMS, nosso Presidente foi a Miami e voltou com um de seus acompanhantes infectado. Ele mesmo está sendo monitorado – esteve muito próximo do auxiliar intérprete. O Brasil está sob ameaça do irreverente vírus que a todos ataca sem discriminação.

João de Bem – Colunista político – 15/03/2020
CORONAVIRUS – Um ente universal – Transita livremente pela esquerda e direita, passeia pelo centro e se tiver gente que ainda não decidiu para onde vai ele também pega. Nada mais democrático o bichinho eclodido na China.

O Brasil está com mais de 200 milhões de viventes e se a doença se espalhar maciçamente não haverá leitos em UTI para tratar nem 1% da população. É possível que tenhamos que apelar para os mercadores da fé, apregoadores das curas milagrosas propagadas em programas de televisão madrugadas adentro. A “velharada” com mais de 60 anos portadora de alguma enfermidade pode por as barbas de molho – se o organismo estiver debilitado e o bicho pegar, a chance de ir pro além é grande.
Teorias da conspiração, efeitos climáticos, sinalizam que o mundo está superlotado. Tem gente demais e alimentos de menos para uma vida social digna. A quantidade de pessoas sobre a Terra, segundo alguns cientistas, deveria ser de 30% menos, ou seja, por volta de 5 bilhões de pessoas ao invés dos 7 bilhões e cacetada vivendo por aqui. Pelo sim pelo não o ceifador de vidas disseminado por todos os continentes está matando os mais idosos. Quem sabe isso não é uma ação cósmica para equilibrar o bioma terreno?

15 DE NOVEMBRO DE 1889 X 15 DE MARÇO DE 2020

Em 1889 os ancestrais da oligarquia bandida no poder escafederam com Dom Pedro II e se apropriaram do erário. Acabaram com a Monarquia e como predadores criaram a República com uma montoeira de gente gastando muito mais que a Corte de Dom Pedro. Ali Babá e mais de quarenta ladrões representados pelos três poderes, agora estão de posse do tesouro – o cofre com todos os impostos pagos pela sociedade brasileira. E até hoje continua a “lesma lerda”. No executivo um “absolutista” ovacionando ditadores. No Congresso nada menos que 513 deputados e 81 senadores ávidos por dinheiro. E no Supremo a turma que fez Direito e vida torta, se impondo sobre todos com a prerrogativa da lei. Bolsonaro populista endossou um protesto nacional para 15 de março, mas por conta do vírus pediu a seus seguidores que não fossem ás ruas. Mentiu! Está em Brasília instigando a multidão irresponsável de ignorantes a derrubar o Congresso e Supremo. Aonde chegou a onda bolsonarista carregada de paixão doentia que, ignorando os apelos de profissionais da saúde para evitar aglomerações como forma de não proliferação do vírus, saiu às ruas sem o mínimo de consciência social coletiva. É bem o perfil de gente sem nenhum conteúdo ideológico, “sobrenadantes” imbecis levados pela paixão. A história contará o quanto essa gente causou de prejuízo á Nação brasileira!  ‘João de Bem – 15/03/2020

Deixe seu comentário

Jaque de Bem Autor

Jaqueline de Bem é jornalista por paixão, idealista de coração e amante da verdade. Ajudar o mundo a se comunicar de forma positiva e verdadeira é a sua missão nessa terra.