Atenção, Santa Rosa – Como bares e restaurantes devem lidar com o novo Coronavirus – Fique de olho.

 

O Coronavirus não está de brincadeira – É de extrema importância que os bares e restaurantes sigam os procedimentos de higiene rigorosos na cozinha, no salão de refeições e no escritório. Funcionários com falta de ar, tosse, febre alta ou qualquer sintoma que pode levar a um diagnóstico do Coronavirus devem ficar em casa, em isolamento.

Lavar as mãos é um dos itens mais importantes para todos – desde o proprietário, pessoal da cozinha, salão/atendimento e até os clientes. Cuide para que todos estejam informados sobre a importância de manter as mãos limpas e cuide para que as pias cozinha/banheiro estejam abastecidas com sabão, papel-toalha e álcool 70%. As mesas devem ser limpas com álcool ou detergente antes da entrada e após a saída de cada cliente.
Álcool em gel – é outra maneira eficiente de manter as mãos higienizadas e evitar o contágio por contato. Se possível, disponibilize para os funcionários e clientes – manter um frasco de álcool gel 70% (o mais recomendado) perto dos pratos e no balcão de atendimento é uma boa iniciativa, por exemplo. Também é muito útil para os caixas e garçons, que não podem deixar o posto para lavar as mãos com frequência. 

Higienizar pratos, copos e talheres e mesas com cuidado e de maneira correta é essencial. O funcionário encarregado de manipular itens sujos deve usar luvas – ao retirar restos de alimentos, por exemplo. Ao disponibilizar talheres, pratos ou copos para os clientes é preciso seguir as boas práticas, também. O funcionário deve lavar bem as mãos antes de manipular os itens limpos e a maneira de ofertar pratos e talheres deve minimizar, se possível, os riscos de contato. Em restaurantes self-service, por exemplo, os talheres podem estar dentro de saquinhos de papel. No a la carte e prato feito, os itens devem ser colocados à mesa só na hora do serviço. Manter clientes e funcionários bem-informados sobre a doença é vital. Também vale reforçar a comunicação visual do estabelecimento, com avisos que indicam como lavar as mãos de modo correto, por exemplo.

Deixe seu comentário

Jaque de Bem Autor

Jaqueline de Bem é jornalista por paixão, idealista de coração e amante da verdade. Ajudar o mundo a se comunicar de forma positiva e verdadeira é a sua missão nessa terra.