Sentimento em Terapia – Depressão: compreendendo o sofrimento do outro.

A depressão afeta milhares de pessoas atualmente, sendo esse um problema de saúde pública nos últimos anos.

imagem ilustrativa – depressão

 

Pode-se definir a depressão como sendo um transtorno mental causado por uma complexa interação entre fatores orgânicos, psicológicos e ambientais, ocorrendo rebaixamento de humor e perda de interesse. (TEODORO,2010)

Mas o que é importante sabermos sobre a depressão?

É importante termos em mente que a depressão não é frescura, muito menos falta de Deus, não é falta de serviço e nem uma forma de exibicionismo, pelo contrário, a pessoa está em um sofrimento existencial muito grande, onde cercada de diversos sintomas não consegue tomar contato com sua existência.

Os sintomas da depressão são vários, onde podemos elencar: dificuldade de concentração, perda de memória, ideação suicida, falta de interesse em atividades prazerosas, irritabilidade, isolamento, tristeza, sentimento de culpa, baixa autoestima, isolamento, tristeza profunda, falta de perspectiva de vida, alteração do sono e do apetite, entre outros.

Vale ressaltar que a depressão atualmente afeta tanto o adulto quanto crianças e adolescentes, onde nesses pode-se identificar sintomas como baixo rendimento escolar, desinteresse e desmotivação. É muito importante salientar que os sintomas devem vir juntos em um período de seis a oito semanas aproximadamente, e o diagnóstico é feito através de uma avaliação psiquiátrica.(DALGALARRONDO, 2008). Como forma de tratamento além da medicação em alguns casos, recomenda-se atividades físicas e psicoterapia, onde a pessoa irá entrar em contato com sua existência, e o psicólogo irá auxiliá-la em novas possibilidades.

Podemos entender esse processo como um processo de reconstrução e ressignificação onde a pessoa precisa de um espaço em que não será julgada, mas sim acolhida. Portanto é preciso compreender a depressão como sendo algo sério, onde é preciso não julgar e ser rede de apoio da pessoa nesse momento de sofrimento, onde auxiliá-la a procurar uma ajuda profissional é de extrema importância.

 

José Eduardo dos Santos- Psicólogo Clínico- CRP 06/151600 Pós-Graduando em Dependência Química e Qualidade de Vida, Pós-Graduando em Orientação Profissional, Pós-Graduando em Psicologia Infantil Rua 7 de Setembro, nº481- Centro Cel: (16) 99263-7789 E-mail: jose_eduardosrv@hotmail.com

 

Referências

DALGALARRONDO,P. Psicopatologia e semiologia dos transtornos mentais, 2008. Porto Alegre, RS. 2ª edição, Artmed Editora.

TEODORO,W.L.G. Depressão: corpo, mente e alma, 2010. Uberlândia, MG. 3ª edição.

 

Deixe seu comentário

Jaque de Bem Autor

Jaqueline de Bem é jornalista por paixão, idealista de coração e amante da verdade. Ajudar o mundo a se comunicar de forma positiva e verdadeira é a sua missão nessa terra.